jusbrasil.com.br
22 de Maio de 2019
    Adicione tópicos

    Ceja e representantes de outros países debatem adoção por estrangeiros

    Representantes dos organismos estrangeiros que colaboram no encaminhamento de adoções internacionais junto à Comissão Estadual de Adoção (Ceja), estiveram reunidos na última sexta feira, dia 26, na Corregedoria-Geral da Justiça.

    A reunião, realizada anualmente, tem por objetivo discutir a situação das crianças adotadas por estrangeiros, a adaptação a nova família e cultura do país dos adotantes.

    Profissionais da Ceja e da CGJ informaram ao grupo sobre a situação das crianças que se encontram em entidades de acolhimento em Santa Catarina. Reafirmaram, também, a necessidade de buscar famílias estrangeiras para adotar, principalmente os maiores de 10 anos, para os quais não há interessados no Brasil.

    Por último, foi discutido sobre os acordos e modificações nas legislações internacionais. Estiveram presentes representantes da França, Itália e Espanha.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)