jusbrasil.com.br
29 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Apelação Criminal: APR 0002698-20.2018.8.24.0061 São Francisco do Sul 0002698-20.2018.8.24.0061

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
Quinta Câmara Criminal
Julgamento
28 de Maio de 2020
Relator
Cinthia Beatriz da Silva Bittencourt Schaefer
Documentos anexos
Inteiro TeorTJ-SC_APR_00026982020188240061_745ec.pdf
Inteiro TeorTJ-SC_APR_00026982020188240061_6254c.rtf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

APELAÇÃO CRIMINAL. CRIME CONTRA O PATRIMÔNIO. FURTO QUALIFICADO MEDIANTE ARROMBAMENTO E ESCALADA (ART. 155, § 4º, I E II, DO CP). SENTENÇA CONDENATÓRIA. RECURSO DA DEFESA. PEDIDO DE ABSOLVIÇÃO SOB A TESE DE INSUFICIÊNCIA PROBATÓRIA OU APLICAÇÃO DO PRINCÍPIO DO IN DUBIO PRO REO. NÃO ACOLHIMENTO. MATERIALIDADE E AUTORIA DEVIDAMENTE DEMONSTRADAS. NEGATIVA DO RÉU DISSOCIADA DO CONJUNTO PROBATÓRIO. PALAVRAS DA TESTEMUNHA E DOS POLICIAIS FIRMES E COERENTES. ACUSADO ENCONTRADO NA POSSE DOS ITENS SUBTRAÍDOS. AUSÊNCIA DE DÚVIDA A JUSTIFICAR A ABSOLVIÇÃO. PLEITO DE EXCLUSÃO DAS QUALIFICADORAS DA ESCALADA E ARROMBAMENTO. NÃO CABIMENTO. DEPOIMENTOS E FOTOGRAFIAS QUE DEMONSTRAM A OCORRÊNCIA DE REFERIDAS CIRCUNSTÂNCIAS. PLEITO DE APLICAÇÃO DO PRINCÍPIO DA INSIGNIFICÂNCIA. INVIABILIDADE. PRESSUPOSTOS ELENCADOS PELA JURISPRUDÊNCIA NÃO VISLUMBRADOS. CRIME COMETIDO MEDIANTE ARROMBAMENTO E ESCALADA. MODUS OPERANDI QUE DEMONSTRA MAIOR OFENSIVIDADE NA CONDUTA. "[. .

.] a prática do delito de furto qualificado por escalada, arrombamento ou rompimento de obstáculo ou concurso de agentes, indica a especial reprovabilidade do comportamento e afasta a aplicação do princípio da insignificância, como ocorre no caso concreto"(STJ, Min. Maria Thereza de Assis Moura). PEDIDO DE APLICAÇÃO DA PENA NO MÍNIMO LEGAL. NÃO CABIMENTO. QUALIFICADORAS QUE FORAM MANTIDAS. PLEITO DE MAJORAÇÃO DE HONORÁRIOS PELA APRESENTAÇÃO DAS RAZÕES RECURSAIS. PROCEDÊNCIA. DEFENSOR DATIVO QUE EFETUOU TRABALHO EM SEDE RECURSAL. FIXAÇÃO NOS PADRÕES DA RESOLUÇÃO CM N. 5/2019. RECURSO CONHECIDO E PARCIALMENTE PROVIDO.
Disponível em: https://tj-sc.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/853104650/apelacao-criminal-apr-26982020188240061-sao-francisco-do-sul-0002698-2020188240061

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça de Santa Catarina
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Apelação Criminal: APR 0000051-17.2017.8.24.0084 Descanso 0000051-17.2017.8.24.0084

Tribunal de Justiça de Santa Catarina
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Apelação Criminal: APR 0000943-05.2014.8.24.0027 Ibirama 0000943-05.2014.8.24.0027

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 4 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO HABEAS CORPUS: AgRg no HC 462526 SC 2018/0195881-8

Tribunal de Justiça de Santa Catarina
Jurisprudênciahá 4 anos

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Apelação Criminal: APR 0005595-46.2017.8.24.0064 São José 0005595-46.2017.8.24.0064