jusbrasil.com.br
19 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Apelação Cível: AC XXXXX-89.2017.8.24.0064 São José XXXXX-89.2017.8.24.0064

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

Segunda Câmara de Direito Civil

Julgamento

Relator

Jorge Luis Costa Beber

Documentos anexos

Inteiro TeorTJ-SC_AC_03099078920178240064_51cff.pdf
Inteiro TeorTJ-SC_AC_03099078920178240064_31a2b.rtf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DE COBRANÇA. SEGURO DE VIDA. EXTINÇÃO DA AÇÃO POR AUSÊNCIA DE INTERESSE DE AGIR. INEXISTÊNCIA DE PRÉVIO REQUERIMENTO ADMINISTRATIVO. INAPLICABILIDADE DA ORIENTAÇÃO FIRMADA PELO STF NO RE 631.240. O RECONHECIMENTO DO DIREITO AO BENEFÍCIO PREVIDENCIÁRIO, QUE NECESSARIAMENTE PERPASSA PELA ANÁLISE INICIAL JUNTO À AUTARQUIA FEDERAL, NÃO SE CONFUNDE COM O DIREITO JÁ CONVENCIONADO PELOS CONTRATANTES NAS DIVERSAS MODALIDADES DE SEGUROS PRIVADOS. ALARGAMENTO DA EXCEPCIONAL EXIGÊNCIA DO PREGRESSO PEDIDO ADMINISTRATIVO, RECONHECIDO PELA CORTE SUPREMA, QUE AFRONTA OS PRINCÍPIOS DO ACESSO À JUSTIÇA E DA INAFASTABILIDADE DA JURISDIÇÃO, FAZENDO TABULA RASA DO ART. , INC. XXXV, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL. RECURSO CONHECIDO E PROVIDO.

Não há que se confundir o prévio pedido administrativo envolvendo benefícios previdenciários, com a necessidade de idêntica iniciativa para viabilizar o ingresso de ação judicial visando a cobrança de seguro privado. Naquelas pretensões direcionadas contra a Previdência Social, não existe um direito previamente reconhecido, dependendo da análise da situação vivenciada pelo segurado a admissão ou não da sua pretensão, sendo tal tarefa inviável de ser direcionada antecipadamente ao Poder Judiciário, transformando os juízes em administradores ou sucedâneos das agências de atendimento do Instituto Nacional do Seguro Social. Diferentemente, nos contratos de seguros previamente entabulados entre segurados e as seguradoras, já existe a especificação do direito, tal como instrumentalizado, sendo tarefa do Poder Judiciário analisar se houve ou não vulneração ao convencionado, acolhendo ou desacolhendo a pretensão deduzida, para o que não se faz necessário prévio pedido administrativo.
Disponível em: https://tj-sc.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/821841555/apelacao-civel-ac-3099078920178240064-sao-jose-0309907-8920178240064

Informações relacionadas

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 9 anos

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE XXXXX MG

Tribunal de Justiça de Santa Catarina
Jurisprudênciahá 4 anos

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Apelação Cível: AC XXXXX-69.2015.8.24.0031 Indaial XXXXX-69.2015.8.24.0031

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 12 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp XXXXX SP 2006/XXXXX-3

Tribunal de Justiça de Santa Catarina
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Apelação Cível: AC XXXXX-82.2015.8.24.0085 Coronel Freitas XXXXX-82.2015.8.24.0085

Tribunal de Justiça de São Paulo
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação Cível: AC XXXXX-59.2016.8.26.0438 SP XXXXX-59.2016.8.26.0438