jusbrasil.com.br
7 de Julho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Apelação Cível: AC 20130745881 SC 2013.074588-1 (Acórdão)

Detalhes da Jurisprudência

Processo

AC 20130745881 SC 2013.074588-1 (Acórdão)

Órgão Julgador

Primeira Câmara de Direito Público Julgado

Partes

Apelante: Estado de Santa Catarina, Procurador:  Marcos Cezar Averbeck (Procurador) (8184/SC), Apelado: Azenir Amaro de Souza, Advogados:  Decio Carlos da Silva (00024050SC) e outro, Apelado: Azenir Amaro de Souza

Julgamento

21 de Julho de 2014

Relator

Jorge Luiz de Borba
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

DIREITO À SAÚDE. AÇÃO DE FORNECIMENTO DE MEDICAMENTO. FALECIMENTO DO DEMANDANTE. EXTINÇÃO DO PROCESSO SEM RESOLUÇÃO DO MÉRITO. MANUTENÇÃO DA CONDENAÇÃO DOS ENTES PÚBLICOS AO PAGAMENTO DE HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS. APLICAÇÃO DO PRINCÍPIO DA CAUSALIDADE. RECURSO CONHECIDO E PARCIALMENTE PROVIDO.

"Versando a causa sobre direito personalíssimo - fornecimento de fármaco ( CR, art. 196)-, o óbito do autor importa na extinção do processo (1ª CDP, AC n. 2009.003672-7, Des. Newton Trisotto; 2ª CDP, AC n. 2013.001798-8, Des. João Henrique Blasi; 3ª CDP, AC n. 2011.042254-7, Des. Carlos Adilson Silva; 4ª CDP, AC n. 2012.053535-9, Des. Sônia Maria Schmitz). Porém, 'restando o processo extinto sem julgamento do mérito, cabe ao julgador perscrutar, ainda sob a égide do princípio da causalidade, qual parte deu origem à extinção do processo sem julgamento do mérito ou qual dos litigantes seria sucumbente se o mérito da ação fosse, de fato, julgado' ( REsp n. 1.072.814, Min. Massami Uyeda)" ( AC n. 2012.063303-3, de Lages, rel. Des. Newton Trisotto, j. 2-4-2013).
Disponível em: https://tj-sc.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/25209109/apelacao-civel-ac-20130745881-sc-2013074588-1-acordao-tjsc