jusbrasil.com.br
9 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Apelação: APL XXXXX-09.2017.8.24.0043 Tribunal de Justiça de Santa Catarina XXXXX-09.2017.8.24.0043

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

Segunda Câmara de Direito Civil

Julgamento

Relator

Rosane Portella Wolff

Documentos anexos

Inteiro TeorTJ-SC_APL_03006110920178240043_ac046.rtf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DE REPARAÇÃO POR DANOS MATERIAL E MORAL. SENTENÇA DE PARCIAL PROCEDÊNCIA. INCONFORMISMOS DOS RÉUS. ILEGITIMIDADE PASSIVA. IMPERTINÊNCIA. ATO ILÍCITO REFERIDO PELO AUTOR OCORRIDO NO ÂMBITO DA ATIVIDADE BANCÁRIA. LEGITIMAÇÃO, EM PRINCÍPIO, DO BANCO E DO PREPOSTO PARA SEREM DEMANDADOS. PREFACIAL AFASTADA. FALTA DE INTERESSE DE AGIR. ALEGADA ENTABULAÇÃO DO NEGÓCIO LIVRE DE COAÇÃO, MEDIANTE CIÊNCIA DOS RISCOS ENVOLVIDOS. QUESTÃO QUE SE CONFUNDE COM O MÉRITO DA CONTENDA. PRESCRIÇÃO. PRETENDIDO, PELO RECORRENTE, O RECONHECIMENTO DA PERDA DO DIREITO DE EXERCÍCIO DA PRETENSÃO. IMPOSSIBILIDADE. RETROAÇÃO DOS EFEITOS DA INTERRUPÇÃO DA PRESCRIÇÃO À DATA DA PROPOSITURA DA AÇÃO IMPLEMENTADA PELA CITAÇÃO VÁLIDA. EXEGESE DO ART. 202, INCISO I, DO CÓDIGO CIVIL E DO ART. 240, § 1º, DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. TRIANGULARIZAÇÃO DA RELAÇÃO PROCESSUAL OCORRIDA A TEMPO E MODO. DEMORA NÃO IMPUTÁVEL AO AUTOR. PRESCRIÇÃO NÃO CARACTERIZADA. PREJUDICIAL RECHAÇADA. MÉRITO. REPARAÇÃO POR DANO MATERIAL. OFERTA, PELO PREPOSTO DO BANCO, DE INVESTIMENTO EM FAVOR DE TERCEIRO COM PROMESSA DE MELHORES RENDIMENTOS. NEGOCIAÇÃO ESTRANHA À ATIVIDADE BANCÁRIA. CONSUMIDOR LUDIBRIADO PELA PROPOSTA. FALHA NA PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS EVIDENCIADA. ATO ILÍCITO CONFIGURADO. INCIDÊNCIA DOS ARTS. 186 E 927, AMBOS DO CÓDIGO CIVIL. RESPONSABILIDADE OBJETIVA DA INSTITUIÇÃO BANCÁRIA. ART. 14, CAPUT, DO CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR C/C ARTS. 932, INCISO III, E 933, DO CÓDIGO CIVIL. SÚMULA N. 479 DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA. RISCO DA ATIVIDADE DESENVOLVIDA PELO BANCO. CULPA IN ELIGENDO E IN VIGILANDO. INDUBITÁVEL CARACTERIZAÇÃO DOS DANOS PATRIMONIAIS, CONSISTENTE NO PREJUÍZO FINANCEIRO SIGNIFICATIVO, E MORAIS, JÁ QUE A SITUAÇÃO ACARRETOU PREOCUPAÇÃO DEMASIADA DO CONSUMIDOR PARA RESOLUÇÃO DA SITUAÇÃO, TENDO QUE ALIENAR PARTE DE SUAS TERRAS EM QUE DESENVOLVIA ATIVIDADE AGRÍCOLA PARA SALDAR O DÉBITO. VERIFICAÇÃO, ADEMAIS, DE NEXO DE CAUSALIDADE ENTRE O ATO ILÍCITO E A LESÃO. DEVER DE INDENIZAR CARACTERIZADO. QUANTUM INDENIZATÓRIO. PRETENDIDA A REDUÇÃO AO ARGUMENTO DE QUE É EXCESSIVA. INSUBSISTÊNCIA. NUMERÁRIO FIXADO COM MODERAÇÃO NA ORIGEM. MANUTENÇÃO IMPERATIVA. HONORÁRIOS RECURSAIS. ESTIPULAÇÃO EM FAVOR DO PATRONO DO APELADO, NOS TERMOS DO ART. 85, §§ 1º E 11, DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. RECURSO CONHECIDO E DESPROVIDO.
Disponível em: https://tj-sc.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1237592014/apelacao-apl-3006110920178240043-tribunal-de-justica-de-santa-catarina-0300611-0920178240043

Informações relacionadas

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 8 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp XXXXX RJ 2011/XXXXX-8

Tribunal de Justiça de Santa Catarina
Jurisprudênciaano passado

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Apelação: APL XXXXX-15.2015.8.24.0040 Tribunal de Justiça de Santa Catarina XXXXX-15.2015.8.24.0040