jusbrasil.com.br
19 de Janeiro de 2022
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Apelação Criminal : APR 0002355-79.2017.8.24.0054 Rio do Sul 0002355-79.2017.8.24.0054

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
Quarta Câmara Criminal
Julgamento
23 de Abril de 2020
Relator
Luiz Antônio Zanini Fornerolli
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

APELAÇÃO CRIMINAL - CRIME DE AMEAÇA NO CONTEXTO DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA (ART. 147, CAPUT, C/C ART. 61, II, F, AMBOS DO CPE ARTS. E , II, DA LEI 11.340/06)- SENTENÇA ABSOLUTÓRIA - RECURSO DO MINISTÉRIO PÚBLICO. PRETENDIDA CONDENAÇÃO DO RÉU NOS EXATOS TERMOS DA DENÚNCIA - POSSIBILIDADE - ELEMENTOS PROBATÓRIOS QUE COMPROVAM SUFICIENTEMENTE A MATERIALIDADE E A AUTORIA DELITIVAS - PALAVRAS DA VÍTIMA DESCREVENDO A CONDUTA DO ACUSADO - RÉU QUE, NÃO RESIGNADO COM A SEPARAÇÃO, PROFERE AMEAÇA DE MORTE - RELATOS UNÍSSONOS DA OFENDIDA EM AMBAS AS FASES PROCESSUAIS CORROBORADOS PELAS PALAVRAS DE TESTEMUNHAS PRESENCIAIS - DELITO QUE SE CONSUMA COM A SIMPLES INTIMIDAÇÃO, CAPAZ DE INCUTIR MEDO - SENTENÇA REFORMADA.

I - Proferidas palavras capazes de causar grande temor na vítima, consuma-se o delito de ameaça, principalmente quando o contexto indica a possibilidade do acontecimento real dos fatos, sendo a conduta punível pela lei penal.
II - Em se tratando de hipótese de violência doméstica, normalmente cometida na clandestinidade, a palavra da vítima ganha especial relevância, mormente quando firmes e coerentes, mostrando-se, pois, suficiente para embasar o édito condenatório. RECURSO PROVIDO.
Disponível em: https://tj-sc.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1105665943/apelacao-criminal-apr-23557920178240054-rio-do-sul-0002355-7920178240054