jusbrasil.com.br
30 de Junho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Agravo de Instrumento: AI 20100842540 Joaçaba 2010.084254-0

Detalhes da Jurisprudência

Processo

AI 20100842540 Joaçaba 2010.084254-0

Órgão Julgador

Terceira Câmara de Direito Público

Julgamento

3 de Maio de 2011

Relator

Pedro Manoel Abreu

Documentos anexos

Inteiro TeorTJ-SC_AI_20100842540_f7be2.rtf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

Agravo de Instrumento. Previdenciário e processual civil. Exceção de suspeição do perito nomeado pelo juízo. Quebra da imparcialidade não comprovada. Hipótese não prevista no rol taxativo do art. 135 do CPC. Recurso negado. É cabível a exceção de suspeição do perito, nos termos do inc. III do art. 138 do Código de Processo Civil, pelos mesmos motivos que ensejam a suspeição do juiz. Não havendo comprovação nos autos de que existem motivos geradores da suspeição entre o expert judicial e uma das partes envolvidas na lide, não há se falar em quebra da imparcialidade que seja capaz de acolher a exceção suscitada. (AgIn n. 2010.068069-6, de Joaçaba, j. 15.3.2011).
Disponível em: https://tj-sc.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1101104159/agravo-de-instrumento-ai-20100842540-joacaba-2010084254-0