jusbrasil.com.br
25 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Detalhes da Jurisprudência
Processo
RI 20127010225 Camboriú 2012.701022-5
Órgão Julgador
Sétima Turma de Recursos - Itajaí
Julgamento
15 de Julho de 2013
Relator
Osmar Mohr
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Inteiro Teor




PODER JUDICIÁRIO DE SANTA CATARINA


fls._______________


__________________


ESTADO DE SANTA CATARINA


PODER JUDICIÁRIO


SÉTIMA TURMA DE RECURSOS

Recurso Inominado n. 2012.701022-5



Sétima Turma de Recursos (Itajaí)

Recurso Inominado n. 2012.701022-5, do Juizado Especial Cível da Comarca de Balneário Camboriú - SC


Relator: Juiz OSMAR MOHR


Recorrente (s): Sony Brasil Ltda.


Advogado (a,s): Marcelo Miguel Alvin Coelho

Recorrido (a,s): Sandra Francisco Machado

Advogado (a,s): Mariana Letícia Crocetti

Juíz (a) prolator (a) da sentença: Alaíde Maria Nolli

RECURSO INOMINADO - RESCISÃO DE CONTRATO DE COMPRA E VENDA CC REPETIÇÃO DE INDÉBITO E INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS - AQUISIÇÃO DE APARELHO TELEFÔNICO CELULAR PELA INTERNET - RELAÇÃO DE CONSUMO, COM INVERSÃO DO ÔNUS DA PROVA - PRODUTO NÃO ENTREGUE - DESCUMPRIMENTO CONTRATUAL -DESCONTOS MENSAIS NA FATURA DE CARTÃO DE CRÉDITO DA ADQUIRENTE, MESMO APÓS RECLAMAÇÃO SOBRE O PRODUTO - RESCISÃO CONTRATUAL QUE SE IMPÕE - APÓS ESTORNO DE UMA PARCELA, A VENDEDORA CONTINUOU LANÇANDO OUTROS DÉBITOS NO CARTÃO DE CRÉDITO - MÁ-FÉ EVIDENCIADA - REPETIÇÃO DO VALOR INDEVIDAMENTE COBRADO EM DOBRO - DESCASO NO TRATO COM O CLIENTE - DISSABORES QUE ULTRAPASSAM O MERO ABORRECIMENTO - DANOS MORAIS CARACTERIZADOS - QUANTUM INDENIZATÓRIO ADEQUADAMENTE FIXADO - SENTENÇA MANTIDA POR SEUS PRÓPRIOS FUNDAMENTOS - ART. 46 DA LEI 9.099/95 - RECURSO CONHECIDO E DESPROVIDO.


"É cabível indenização por danos morais, pelo descaso e desrespeito com que foi tratado o consumidor, que não recebeu a mercadoria comprada, via internet, e nem recebeu a devolução do valor pago, excedendo a condição de mero dissabor decorrente do inadimplemento contratual, pois houveram sucessivas reclamações não atendidas, bem como ausente qualquer justificativa razoável para o inadimplemento na entrega do produto" ( Recurso Inominado n. 2011.600394-1, de Lages, rel. Des. Joarez Rusch).


Vistos, relatados e discutidos estes autos de Recurso Inominado nº 2012.701022-5, do Juizado Especial Cível da Comarca de Balneário Camboriú, em que é recorrente Sony Brasil Ltda. e recorrida Sandra Francisco Machado.


ACORDAM os Juízes da Sétima Turma de Recursos (Itajaí), por unanimidade de votos, conhecer do recurso e negar-lhe provimento, mantendo a sentença incólume por seus próprios fundamentos, nos termos do art. 46 da Lei n. 9.099/95, e, em consequência, condenar a recorrente ao pagamento das custas processuais e honorários advocatícios, fixados em 20% (quinze por cento) sobre o valor da condenação.


Participaram do julgamento os Excelentíssimos Juízes de Direito Mauro Ferrandin e Roque Cerutti, nas funções de Vogal, e este Relator como Presidente.


Itajaí, 15 de julho de 2013.


OSMAR MOHR
Juiz Relator

Relator Juiz Osmar Mohr


Disponível em: https://tj-sc.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1101080211/recurso-inominado-ri-20127010225-camboriu-2012701022-5/inteiro-teor-1101080231

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça de Santa Catarina
Jurisprudênciahá 4 anos

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Recurso Inominado: RI 0303720-18.2016.8.24.0091 Capital - Eduardo Luz 0303720-18.2016.8.24.0091

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 2 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AREsp 1675199 SP 2020/0054228-1

Tribunal de Justiça de Santa Catarina
Jurisprudênciahá 6 anos

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Recurso Inominado: RI 20157009379 Itajaí 2015.700937-9