jusbrasil.com.br
2 de Julho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Apelação Cível: AC 20070449038 Porto Belo 2007.044903-8

Detalhes da Jurisprudência

Processo

AC 20070449038 Porto Belo 2007.044903-8

Órgão Julgador

Quinta Câmara de Direito Civil

Julgamento

31 de Março de 2011

Relator

Henry Petry Junior

Documentos anexos

Inteiro TeorTJ-SC_AC_20070449038_ac0b0.rtf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

APELAÇÃO CÍVEL. CIVIL E PROCESSUAL CIVIL. AÇÃO DEMARCATÓRIA COM QUEIXA DE ESBULHO. IMPROCEDÊNCIA EM PRIMEIRO GRAU. - MARCOS DO TERRENO. ESCRITURA E PERÍCIA. DIVERGÊNCIA ÍNFIMA. PREVALÊNCIA DA ÁREA MENOR. ART. 946 DO CPC. PRESSUPOSTOS SATISFEITOS. - ESBULHO. REINTEGRAÇÃO. POSSIBILIDADE. ART. 951 DO CPC. MOLÉSTIA DEMONSTRADA. - SUCUMBÊNCIA. ALTERAÇÃO. DESPESAS PROCESSUAIS PELA VENCIDA. - SENTENÇA REFORMADA. RECURSO PROVIDO.

- O objetivo da ação demarcatória é aviventar os limites já apagados ou fixar novos, com o intuito de determinar a área de terras pertencente ao postulante - Havendo pequena divergência entre a área contida na escritura do imóvel e àquela apurada pela perícia judicial, prevalecerá esta, porquanto "Os dispositivos referentes à ação demarcatória constantes no codex processual civil deixam claro que, antes de julgar a demanda, o Magistrado deve determinar a realização de perícia, cujo resultado será um minucioso laudo sobre o traçado da linha demarcanda, o qual, obviamente que observados os demais elementos colhidos nos autos, deverá possuir caráter determinante do seu convencimento"
Disponível em: https://tj-sc.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1100895777/apelacao-civel-ac-20070449038-porto-belo-2007044903-8

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça de Santa Catarina
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Apelação Cível: AC 031XXXX-29.2014.8.24.0018 Chapecó 031XXXX-29.2014.8.24.0018

Rede de Ensino Luiz Flávio Gomes
Notíciashá 11 anos

STJ: apenas se caracteriza como lucro cessante o prejuízo decorrente diretamente do evento danoso

Tribunal de Justiça do Ceará
Peçahá 5 meses

Petição Inicial - Ação Defeito, nulidade ou anulação

Alana Nogueira , Advogado
Modeloshá 3 anos

Ação de Reparação de Danos Materiais, Morais e Lucro Cessante

Joyce Marinheiro, Advogado
Modelosano passado

Ação Indenizatória c/c Danos Materiais e Morais c/c Lucros Cessantes