Carregando...
JusBrasil - Jurisprudência
23 de novembro de 2014

TJ-SC - Apelação Cível : AC 144613 SC 2005.014461-3

APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DE ARBITRAMENTO DE HONORÁRIOS. PRETENSÃO DEDUZIDA DE FORMA AUTÔNOMA. PLEITO FORMULADO EM SEDE RECURSAL, OBJETIVANDO O INGRESSO DE SOCIEDADE CIVIL NOS AUTOS, NA CONDIÇÃO DE ASSISTENTE LITISCONSORCIAL. AUSÊNCIA DE IMPUGNAÇÃO DAS PARTES LITIGANTES. DEFERIMENTO DO PEDIDO, POR FORÇA DO DISPOSTO NO ARTIGO 50 E SEGUINTES DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. SENTENÇA QUE NÃO SE AFIGURA NULA, PORQUE INEXISTENTE O CERCEAMENTO DE DEFESA INVOCADO. JULGAMENTO ANTECIPADO DA LIDE QUE SE IMPUNHA, SE A PROVA CONSTANTE DOS AUTOS DISPENSAVA A PRODUÇÃO DE OUTRAS. ARTIGO 330, INCISO I, DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. MOMENTO PROCESSUAL PARA A EXIBIÇÃO DE DOCUMENTO: PETIÇÃO INICIAL E CONTESTAÇÃO, CONFORME ARTIGO 396 DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. EXCEÇÃO: QUANDO DESTINADOS A FAZER PROVA DE FATOS OCORRIDOS DEPOIS DOS ARTICULADOS, OU PARA CONTRAPÔ-LOS AOS QUE FORAM PRODUZIDOS NOS AUTOS. ARTIGO 397 DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. PROVA EXCLUSIVAMENTE TESTEMUNHAL. LIMITE IMPOSTO PELO ARTIGO 401 DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL: CONTRATO QUE SUPERAVA AO DÉCUPLO DO SALÁRIO MÍNIMO. SERVIÇOS ADVOCATÍCIOS INEQUIVOCAMENTE PRESTADOS, O QUE SE EXTRAI DOS INSTRUMENTOS DE MANDATO OUTORGADOS, A DESPEITO DE AS PARTES NÃO HAVEREM CELEBRADO O CONTRATO RESPECTIVO. NECESSIDADE DE PAGAMENTO DOS HONORÁRIOS CORRESPONDENTES, ESTES QUE NÃO PODEM SER INFERIORES ÀQUELES CONSTANTES DA TABELA DO CONSELHO SECCIONAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL. ARTIGO 22, § 2º, DA LEI N. 8.906, DE 4.7.1994. APELO DESPROVIDO.

Publicado por Tribunal de Justiça de Santa Catarina - 5 anos atrás

LEIAM 0 NÃO LEIAM
ResumoEmenta para Citação Inteiro Teor

Dados Gerais

Processo: AC 144613 SC 2005.014461-3
Relator(a): Jânio Machado
Julgamento: 30/10/2009
Órgão Julgador: Câmara Especial Temporária de Direito Civil
Publicação: Apelação cível n. , da Capital
Parte(s): Apelante: Vera Maria Batista Blanck
Apelada: Flávia Simões Lopes de Araújo

Ementa

APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DE ARBITRAMENTO DE HONORÁRIOS. PRETENSÃO DEDUZIDA DE FORMA AUTÔNOMA. PLEITO FORMULADO EM SEDE RECURSAL, OBJETIVANDO O INGRESSO DE SOCIEDADE CIVIL NOS AUTOS, NA CONDIÇÃO DE ASSISTENTE LITISCONSORCIAL. AUSÊNCIA DE IMPUGNAÇÃO DAS PARTES LITIGANTES. DEFERIMENTO DO PEDIDO, POR FORÇA DO DISPOSTO NO ARTIGO 50 E SEGUINTES DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. SENTENÇA QUE NÃO SE AFIGURA NULA, PORQUE INEXISTENTE O CERCEAMENTO DE DEFESA INVOCADO. JULGAMENTO ANTECIPADO DA LIDE QUE SE IMPUNHA, SE A PROVA CONSTANTE DOS AUTOS DISPENSAVA A PRODUÇÃO DE OUTRAS. ARTIGO 330, INCISO I, DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. MOMENTO PROCESSUAL PARA A EXIBIÇÃO DE DOCUMENTO: PETIÇÃO INICIAL E CONTESTAÇÃO, CONFORME ARTIGO 396 DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. EXCEÇÃO: QUANDO DESTINADOS A FAZER PROVA DE FATOS OCORRIDOS DEPOIS DOS ARTICULADOS, OU PARA CONTRAPÔ-LOS AOS QUE FORAM PRODUZIDOS NOS AUTOS. ARTIGO 397 DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. PROVA EXCLUSIVAMENTE TESTEMUNHAL. LIMITE IMPOSTO PELO ARTIGO 401 DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL: CONTRATO QUE SUPERAVA AO DÉCUPLO DO SALÁRIO MÍNIMO. SERVIÇOS ADVOCATÍCIOS INEQUIVOCAMENTE PRESTADOS, O QUE SE EXTRAI DOS INSTRUMENTOS DE MANDATO OUTORGADOS, A DESPEITO DE AS PARTES NÃO HAVEREM CELEBRADO O CONTRATO RESPECTIVO. NECESSIDADE DE PAGAMENTO DOS HONORÁRIOS CORRESPONDENTES, ESTES QUE NÃO PODEM SER INFERIORES ÀQUELES CONSTANTES DA TABELA DO CONSELHO SECCIONAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL. ARTIGO 22, § 2º, DA LEI N. 8.906, DE 4.7.1994. APELO DESPROVIDO.

1. Pode integrar a lide, na qualidade de assistente litisconsorcial, aquele que tem interesse jurídico na prolação de sentença favorável ao assistido, porque também sofrerá seus efeitos.

2. Inexiste cerceamento de defesa se o acervo probatório constante dos autos é suficiente à solução do litígio, sendo prescindível a produção de prova em audiência.

3. A prova exclusivamente testemunhal não é admitida nos contratos que ultrapassem ao décuplo do salário mínimo.

4. Os documentos indispensáveis à compreensão do tema controvertido devem acompanhar a petição inicial e a contestação, exceto se destinados a fazer prova de fatos ocorridos depois de articulados, ou para contrapô-los aos que foram produzidos nos autos.

5. Ausente a respectiva convenção, os honorários devidos ao advogado que prestou os serviços contratados serão fixados por arbitramento judicial, não podendo ser inferiores àqueles estabelecidos em tabela do Conselho Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil, independentemente da qualidade do trabalho.

0 Comentário

Faça um comentário construtivo abaixo e ganhe votos da comunidade!

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "gritar" ;)

ou

×

Fale agora com um Advogado

Oi. O JusBrasil pode te conectar com Advogados em qualquer cidade caso precise de alguma orientação ou correspondência jurídica.

Escolha uma cidade da lista
Disponível em: http://tj-sc.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/6854336/apelacao-civel-ac-144613-sc-2005014461-3